Atendimento
Compartilhe esta página no: Compartilhar no Twitter Compartilhar no Facebook Compartilhar no Google Plus


Capítulos:



Cap. 2 - O retorno de Marisa


Ao sair da casa de Hélio fui interpelado por minha mãe:

— Cesar! Agora nós não vamos retornar para a Colônia!

— Não entendi.

— Temos outra missão a cumprir... aqui está a outra surpresa!

Então, continuamos nossa jornada se deslocando dali até que chegamos ao local que me era familiar, a casa de Marisa. Naquele momento, um misto de emoções invadiu meu ser, porquanto finalmente eu recebia a oportunidade que esperava há muito tempo, também iria finalmente reencontrar mais uma vez aquela que fora minha esposa na Terra.

Para minha surpresa, uma equipe familiar estava diante da casa – eram meus amigos Augusto, Inácio, Maria Aparecida e Afonso.

— Vamos, não podemos perder tempo, o caso é sério! – Disse Augusto ao nos receber.

— César, eu preciso que você se revista da prece e da fé em nosso Mestre Jesus! Você poderá se chocar com o que vai ver, por isso, lhe comunicamos de surpresa, após o Evangelho na casa do irmão Hélio.

Naquele instante, aproveitei para refletir sobre a leitura do Evangelho feita minutos atrás: “Bem aventurados os que têm ocasião de provar sua fé, sua firmeza, sua perseverança e sua submissão à vontade de Deus...” Aquela visita à casa de Ícaro não foi por acaso, porquanto me servia de apoio para o trabalho que iríamos fazer.

Ao ingressar na casa de Marisa, para minha surpresa estava tudo abandonado e cheio de pó. Os cômodos estavam abandonados e vazios. Então, minha mãe disse:

—César, seja forte! Preste atenção... Marisa desencarnou no mês passado em razão de sua grande tristeza. Ela não se alimentava direito, não encontrou forças para prosseguir e por isso, somatizou a amargura por ter se separado você e vosso filho. A doença tomou conta de seu corpo vencendo-o rapidamente. A infecção intestinal foi violenta ceifando sua vida antes do tempo.

Antes que eu vacilasse deixado cair meu estado vibratório, Augusto tomou a palavra:

—Marisa se prendeu a esse local se recusando a receber toda e qualquer ajuda. Ela exige sua presença para acreditar que não faz parte dos encarnados. Por isso Hanzi, precisamos que você busque forças do mais alto para que suas vibrações não sejam outras que de amor e fé para podermos resgatar Marisa para nosso Recanto.

Naquele momento senti uma força que não era minha, então respondi a todos:

—Vamos em nome de Jesus! Vamos vencer juntos!

Entramos no quarto que antes estava arrumado com os pertences de nosso bebê e nos deparamos com Marisa que estava trajada com vestes sujas e rasgada. Ela chorava intensamente.

Então, disse Inácio:

—Vamos dar as mãos e fazer um círculo de prece em volta de Marisa!

Mediante a ordem, juntos fizemos uma corrente de mãos dadas, enquanto Inácio fez uma oração muito fervorosa pedindo auxílio a Deus Todo-poderoso em intercessão de Marisa.

Por divino impulso me aproximei da Marisa, a tomei pelas mãos e lhe dei um demorado abraço. O quarto se encheu de perfume e luz. Marisa finalmente levantou a cabeça e disse:

—Graças a Deus você está aqui meu amor! Te esperei por muito tempo para me levar contigo...

Rapidamente os amigos prepararam uma maca para socorrer Marisa que recebeu um passe magnético de minha mãe e caiu em sono reconfortante.

— Cesar, agora vamos levar Marisa para receber atendimento de Irmã Margarida— Disse Augusto com o semblante cheio de alegria.

— Seu amor foi o antídoto que livrou Marisa da cadeia de amargura a qual estava presa. Agora ela está apta para receber todo o auxílio reparador que necessita. Se você não estivesse preparado para isso, ela poderia ficar muitos anos nesse estado de letargia psíquica! — disse minha mãezinha.

Quando saímos da casa, um veículo nos aguardava para a remoção de Marisa para o atendimento necessário nas câmaras de retificação do Hospital Irmã Margarida.
*

Depois disso, todos os dias eu visitava Marisa no Hospital aguardando o momento em que ela acordaria de seu sono reparador. Nessas ocasiões, Madalena sempre estava comigo me dando palavras de apoio:

— Hanzi, lembre-se que somente suas vibrações de amor poderão fazer que Marisa tenha uma rápida recuperação. Ela estava em um estado muito debilitado de saúde.

Então, movido mais uma vez por divina intuição, decidir cantar uma canção romântica para Marisa, cantei baixinho perto de seus ouvidos a música que marcou o início de nosso relacionamento. Para surpresa geral, Marisa despertou disposta e me disse:

—Ah meu amor! Que bom que você está aqui do meu lado. Acabo de despertar de um sonho bom, no qual estávamos juntos sentados na relva, em um lindo campo florido!

A partir de então, conversei muito com Marisa, colocamos todos nossos assuntos em dia.

Quando ela teve alta do hospital, pude então levá-la para um passeio nos campos da irmã Maria Madalena que nos recebeu efusivamente:

—Sejam bem vindos meus filhos do coração! Aproveitem esse passeio para tirar todas as dúvidas que assaltam vosso coração... Saibam que tudo o que aconteceu foi por permissão de Deus. As provas fazem parte de nossa carreira, porém, sofrer é nossa escolha. Devemos aprender a aceitar a vontade de Deus para parar de sofrer e crescer como pessoas...

Aquelas sábias palavras ditas por Maria Madalena nos serviram de conforto e alento para a nova etapa que se iniciava.

— Casal lindo! Tenho uma boa notícia, Marisa será admitida por Lia no Burgo Maria de Nazaré para trabalhar com crianças recém desencarnadas! Será uma boa terapia para tratar saudade do bebê...


Capítulos:


Introdução

PRIMEIRA PARTE (Médium Wilton Oliver) Capítulo 1 - Visitas à casa do irmão Hélio

Cap. 2 - Encontro doce

Cap. 3 - O papel dos mentores

Cap. 4 - O resgate de Ícaro

Cap. 5 - Na câmara de miniaturização

Cap. 6 - Preparação para o porvir

Cap. 7 - A gestação

Cap. 8 - Oportunidade para recomeço

Cap. 9 - Confissões

Cap. 10 - Equipe socorrista

Cap. 11 - Depoimento de Hanzi

Cap. 12 - Nos campos da Colônia

Cap. 13 - Reminiscências

Cap. 14 - Influências nefastas

Cap. 15 - Exposição esclarecedora

SEGUNDA PARTE (Médium Rodrigo Felix da Cruz) - Cap. 1 - Notícia feliz

Cap. 2 - O retorno de Marisa

Cap. 3 - Estudos na Colônia

Cap. 4 - Estágio no Hospital Irmã Margarida

Cap. 5 - Reencontro com Ícaro

Cap. 6 - As dimensões do Além

Cap. 7 - Laboratório da Memória

Cap. 8 - Na equipe socorrista

Cap. 9 - Primeiras atividades socorristas

Cap. 10 - Visita a François Dupont

Cap. 11 - Importante projeto

Cap. 12 - Grupo de planejamento

Cap. 13 - Implantação do projeto

Cap. 14 - Trabalho em conjunto

Cap. 15 - Comprometimento, esperança e perdão

TERCEIRA PARTE (médiuns Alessandra Aparecida Silva e Rodrigo Felix da Cruz) Cap. 1 - Balanço

Cap. 2 - Novos trabalhos

Cap. 3 - Reunião na casa de Ricardo Felício

Cap. 4 - Laerte

Cap. 5 - Irmã Margarida

Cap. 6 - Irmã Maria Madalena

Cap; 7 - Irmã Lia

Cap; 8 - Inácio

Cap. 9 - Thales

Cap. 10 - Augusto

Cap. 11 - José de Matusalém

Cap. 12 - Estevão, guerreiro

Cap. 13 - Clara

Cap. 14 - O resgate de Rômulo

Cap. 15 - Mensagem de Laerte



© 2014 - Todos os Direitos Reservados à Fraternidade Luz Espírita

▲ Topo