Atendimento
Compartilhe esta página no: Compartilhar no Twitter Compartilhar no Facebook Compartilhar no Google Plus


Capítulos:



Cap. 15 - Comprometimento, esperança e perdão


Os trabalhos dos dois lados da vida prosseguiam.

Da mesma forma que nós espíritos desejosos de evoluir nos esforçamos no trabalho do bem, existem irmãos carente de entendimento divino, que por sua vez se comprazem em tentar destruir a Seara do Mestre Jesus.

Chegamos ao ano de 2014, os resultados de nosso trabalho cresciam e sua Luz Espírita começou a incomodar grandemente os adversários do Evangelho.

Todavia, não devemos nunca temer a investidas das trevas porque nosso Mestre Jesus sempre está no comando e sempre nos dará seu consolo e amparo.

Em razão de investidas desses irmãos que começaram a semear a discórdia e desânimo não apenas aos trabalhadores do projeto Casa Espírita Virtual, como também em muitos centros espírita, fizeram que Laerte convocasse uma reunião com todos os trabalhadores de nossa Colônia e fez o seguinte discurso que deve ser compartilhado com os leitores:

Cuidado, se policiem, cuidado com as palavras.

Saibam que por mais que possamos estar amparados por amigos, teremos irmãos menos esclarecidos tentando desencadear brigas, controvérsias e partidarismos.

Alguns irmãos encarnados em desequilíbrio entram em sintonia semelhante e geram inimizades e confusões com pessoas queridas a nós.

Cuidado porque toda a energia que trazemos de nossa lide cotidiana tem efeito cascata que permitem a ação de adversários à nossa causa.

Vigiai e orai, orai e vigiai!

Jesus precisa de vocês sensatos e tolerantes. Saibam o semelhante não é obrigado a saber o mesmo que vocês já sabem. Tenham consciência de que não somos seres supremos.

Às vezes os irmãos encarnados passam por melindres, porém, isso não é motivo para a desistência de seus trabalhos. André Luiz nos ensinou que parar um trabalho pela metade é considerado deserção.
Sejam perseverantes!

Nós desse lado da vida necessitamos de vocês, porque somente por esse trabalho em conjunto conseguiremos os resultados almejados. Não permitam que o nosso trabalho seja desvirtuado pelo orgulho e egoísmo daqueles que se afinam com as fileiras do mal!

Nosso trabalho é semelhante à Hydra da mitologia grega que se porventura tiver suas cabeças cortadas surgirão em seu lugar outras duas cabeças mais fortes que a primeira.

Diante desse cenário de adversidade as palavras de ordem são: comprometimento, esperança e perdão.
Devemos ser mais comprometido com a Seara do Mestre Jesus deixando de lado nosso orgulho, devemos ter esperança em Deus que tudo o mal é passageiro e somente o bem impera e por fim, devemos perdoar as falhas de nossos irmão para sermos verdadeiramente cristãos.

Nos momentos difíceis devemos nos apegar ao nosso Pai Maior por meio da prece para que estes difíceis momentos sirvam para nos fazer mais experientes e mais fortes.

Agradeço a Deus e aos amigos por este diálogo fraterno.

Que o Mestre Jesus nos ilumine hoje e sempre.


Capítulos:


Introdução

PRIMEIRA PARTE (Médium Wilton Oliver) Capítulo 1 - Visitas à casa do irmão Hélio

Cap. 2 - Encontro doce

Cap. 3 - O papel dos mentores

Cap. 4 - O resgate de Ícaro

Cap. 5 - Na câmara de miniaturização

Cap. 6 - Preparação para o porvir

Cap. 7 - A gestação

Cap. 8 - Oportunidade para recomeço

Cap. 9 - Confissões

Cap. 10 - Equipe socorrista

Cap. 11 - Depoimento de Hanzi

Cap. 12 - Nos campos da Colônia

Cap. 13 - Reminiscências

Cap. 14 - Influências nefastas

Cap. 15 - Exposição esclarecedora

SEGUNDA PARTE (Médium Rodrigo Felix da Cruz) - Cap. 1 - Notícia feliz

Cap. 2 - O retorno de Marisa

Cap. 3 - Estudos na Colônia

Cap. 4 - Estágio no Hospital Irmã Margarida

Cap. 5 - Reencontro com Ícaro

Cap. 6 - As dimensões do Além

Cap. 7 - Laboratório da Memória

Cap. 8 - Na equipe socorrista

Cap. 9 - Primeiras atividades socorristas

Cap. 10 - Visita a François Dupont

Cap. 11 - Importante projeto

Cap. 12 - Grupo de planejamento

Cap. 13 - Implantação do projeto

Cap. 14 - Trabalho em conjunto

Cap. 15 - Comprometimento, esperança e perdão

TERCEIRA PARTE (médiuns Alessandra Aparecida Silva e Rodrigo Felix da Cruz) Cap. 1 - Balanço

Cap. 2 - Novos trabalhos

Cap. 3 - Reunião na casa de Ricardo Felício

Cap. 4 - Laerte

Cap. 5 - Irmã Margarida

Cap. 6 - Irmã Maria Madalena

Cap; 7 - Irmã Lia

Cap; 8 - Inácio

Cap. 9 - Thales

Cap. 10 - Augusto

Cap. 11 - José de Matusalém

Cap. 12 - Estevão, guerreiro

Cap. 13 - Clara

Cap. 14 - O resgate de Rômulo

Cap. 15 - Mensagem de Laerte



© 2014 - Todos os Direitos Reservados à Fraternidade Luz Espírita

▲ Topo