Atendimento
Compartilhe esta página no: Compartilhar no Twitter Compartilhar no Facebook Compartilhar no Google Plus


Capítulos:



Cap. 4 - Laerte


Laerte desencarnou de maneira bruta em guerra fundamental para seu povo. Ele teve uma vida dedicada a defender sua pátria. Quando bebê fora levado de sua família, porém isso não foi suficiente para encher seu coração de mágoa, porquanto Laerte defendeu até o final a família que o criou que em seu coração achava verdadeira. Nosso amigo não perdeu tempo com mágoas e tristezas, porque sabia que seu propósito era maior.

Em meio a Segunda Guerra, morreu de joelhos com uma bala no peito. Foi resgatado com energia por sua dedicação, sendo considerado ser de grande coração. Teve socorro imediato sendo transportado por um portal ligado ao hospital da Colônia Recanto de Irmãos onde recebeu cuidados.

Quando Laerte abriu os olhos, de imediato chamou por sua irmã, sabia que ali encontraria socorro, foi cuidado, trabalhou duro e aprendeu e ensinou contando sua história de vida. Sua irmã é a Irmã Margarida.

Convidado para administrar a Colônia Recanto de Irmãos, primeiramente recusou porque matara pessoas, mas por seu bom coração, ao ouvir dos demais coordenadores que ao longo de toda sua existência ele salvara muitas vidas. Então aceitou o trabalho de coordenação fazendo que muitos recebessem ajuda. Ele nos lembra que nem sempre o que fazemos está certo ou errado, o que importa é o coração.

Laerte tem o coração puro. Coordena com pulso firme à maneira de um guerreiro que traz ordem e transpira respeito, acredita que as decisões do coração prevalecem. Há dois mil anos, Laerte foi o centurião romano que conheceu Jesus e pediu a cura à distância em favor de seu criado. Sua atitude gerou admiração em Jesus que disse não havia visto em Israel tamanha fé.

Laerte em sua última existência carnal foi grego e lutou na Segunda Guerra Mundial.


Capítulos:


Introdução

PRIMEIRA PARTE (Médium Wilton Oliver) Capítulo 1 - Visitas à casa do irmão Hélio

Cap. 2 - Encontro doce

Cap. 3 - O papel dos mentores

Cap. 4 - O resgate de Ícaro

Cap. 5 - Na câmara de miniaturização

Cap. 6 - Preparação para o porvir

Cap. 7 - A gestação

Cap. 8 - Oportunidade para recomeço

Cap. 9 - Confissões

Cap. 10 - Equipe socorrista

Cap. 11 - Depoimento de Hanzi

Cap. 12 - Nos campos da Colônia

Cap. 13 - Reminiscências

Cap. 14 - Influências nefastas

Cap. 15 - Exposição esclarecedora

SEGUNDA PARTE (Médium Rodrigo Felix da Cruz) - Cap. 1 - Notícia feliz

Cap. 2 - O retorno de Marisa

Cap. 3 - Estudos na Colônia

Cap. 4 - Estágio no Hospital Irmã Margarida

Cap. 5 - Reencontro com Ícaro

Cap. 6 - As dimensões do Além

Cap. 7 - Laboratório da Memória

Cap. 8 - Na equipe socorrista

Cap. 9 - Primeiras atividades socorristas

Cap. 10 - Visita a François Dupont

Cap. 11 - Importante projeto

Cap. 12 - Grupo de planejamento

Cap. 13 - Implantação do projeto

Cap. 14 - Trabalho em conjunto

Cap. 15 - Comprometimento, esperança e perdão

TERCEIRA PARTE (médiuns Alessandra Aparecida Silva e Rodrigo Felix da Cruz) Cap. 1 - Balanço

Cap. 2 - Novos trabalhos

Cap. 3 - Reunião na casa de Ricardo Felício

Cap. 4 - Laerte

Cap. 5 - Irmã Margarida

Cap. 6 - Irmã Maria Madalena

Cap; 7 - Irmã Lia

Cap; 8 - Inácio

Cap. 9 - Thales

Cap. 10 - Augusto

Cap. 11 - José de Matusalém

Cap. 12 - Estevão, guerreiro

Cap. 13 - Clara

Cap. 14 - O resgate de Rômulo

Cap. 15 - Mensagem de Laerte



© 2014 - Todos os Direitos Reservados à Fraternidade Luz Espírita

▲ Topo